Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Ventor Entre as Flores

Vamos dar umas caminhadas entre as flores. Venham comigo.

Vamos dar umas caminhadas entre as flores. Venham comigo.

O Ventor Entre as Flores

A foto do cabeçalho é uma bela flor rosa que se dá bem nas areias da costa portuguesa, junto às praias, e chama-se silene littoreia,



Lince Ibérico em perigo de extinção


Foto tirada da Net


As minhas flores no Flicker

Cada flor é uma beleza que dá vida ao Planeta Azul


26
Jun07

Flor Azul 1

Luiz Franqueira - Ventor

 

Esta flor azul é mais vulgar que a primeira, por estes lados, mas tal como ela se emproou   e me dissse. «Ventor, tu não és como a maioria que só olha para as nossas irmãs vistosas. Tu olhas para nós como olhas para uma rosa, ou a mais bela das flores quaisquer que ele seja». Mas até olho melhor para aquelas que poucos perdem tempo a olhá-las.




Estou sempre bem entre as flores, onde quer que nos encontremos. Mas, sempre, sob os auspícios do meu amigo Apolo

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Podem ver aqui todos Os Links dos meus Blogs


Eu sou Pilantras - o Ticas.

Agora percebo que, para o Ventor, as flores não têm fronteiras. Ele já caminha entre as flores chineses.

Um pinheiro, uma pedra e, claro está, as glicinias. Pintura de Li Shan, da Dinastia Qing
Temos aqui um pombo em um ramo de pessegueiro, pintado pelo Imperador Huizong, da Dinastia Song do Norte. O Ventor adora flores de pessegueiro
Magnólia e pedra. Um trabalho de Chen Hongshou, Dinastia Ming. O Ventor gosta de magnólias. Já me disse que gostava de transformar uma num colchão e dormir nela como um duende

Mais sobre mim

foto do autor

Calendário

Junho 2007

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930