Estas olham-nos com umas miscelânicas cores do amor. O rosa predomina e ... 

**********************************



Estou sempre bem entre as flores, onde quer que nos encontremos. Mas, sempre, sob os auspícios do meu amigo Apolo

publicado por Ventor às 00:25