Lince Ibérico em perigo de extinção

Foto tirada da Net

*************************************************************************************

As minhas flores no Flicker

Cada flor é uma beleza que dá vida ao Planeta Azul

*************************************************************************************

Flores de Inverno

25.02.14

Saltitando de pétala em pétala, sobre as flores do abrunheiro selvagem.

 

 

Flores do Abrunheiro

 

É assim todos os invernos nas grandes ou nas pequeninas caminhadas do Ventor. Só é necessário sol para apetecer fazer parte do trio: "Ventor, Apolo e Flores"!

 

 

Flores do abrunheiro selvagem

 

Também as flores das amendoeiras acompanham o Ventor sem ser necessário ir ao encontro delas pelos algarves ou terras do Nordeste. Elas próprias vêm ao encontro do Ventor, belas como sempre são.

 

 

Flores das amendoeiras no encalço do Ventor

 

**********************************



Estou sempre bem entre as flores, onde quer que nos encontremos. Mas, sempre, sob os auspícios do meu amigo Apolo

tags:
publicado por Ventor às 21:33

Flores do Santo António

22.06.13

Todos os santos, pelo menos, os mais conhecidos, têm flores com o seu nome.

Esta é a flor de Santo António.

 

 

Flores de Santo António

 

Estas encontram-se, normalmente, nas margens dos rios, penduradas sobre as águas. Fazem uma paisagem linda e não podiam passar despercebidas ao Ventor.

 

**********************************



Estou sempre bem entre as flores, onde quer que nos encontremos. Mas, sempre, sob os auspícios do meu amigo Apolo

tags:
publicado por Ventor às 09:59

As Papoilas saúdam o Ventor

30.04.13

As papoilas, praticamente enterradas no meio de ervas e outras flores, soerguem-se para saudar o Ventor!

 

 
Papoilas -  belezas da Primavera 
 
 
Papoilas, nichos de belezas nas minhas caminhadas
 
Este ano, nesta Primavera, quase nem vejo as papoilas mas, de vez em quando elas aparecem-me. Desta vez, o vento era tanto que não consegui tirar uma foto com elas direitas mas ficaram como o meu amigo Eolo mas apresentou.
São sempre uma beleza para o Ventor.
**********************************



Estou sempre bem entre as flores, onde quer que nos encontremos. Mas, sempre, sob os auspícios do meu amigo Apolo

tags:
publicado por Ventor às 12:00

Um Girassol, em Soajo

28.08.12

Um girassol, no Souto, em Soajo.

Os girassóis foram companheiros do Ventor durante uma semana.

 

 
Também há girassóis em Soajo!
 
Todos os dias da semana, eu e os girassóis do Souto, em Soajo, falávamos sobre as outras flores. Eles diziam-me que todas são lindas mas elas eram as maiores.
Nós somos a alegria dos insectos, Ventor! Eles rebolam-se, cambalhoteiam-se e vivem em festa, sempre connosco.
Quando nos olhas, Ventor, a tua visão divide-se entre nós e o monte Gião, por onde caminharam milhares de anos de história de homens e pedras, de animais e flores, sempre sob a hégide do nosso amigo Apolo.
**********************************



Estou sempre bem entre as flores, onde quer que nos encontremos. Mas, sempre, sob os auspícios do meu amigo Apolo

tags:
publicado por Ventor às 11:22

Uma Flor no Desterro

09.07.12

As flores estão em todo o lado, muitas vezes onde não as esperamos e como esta, são todas lindas!

 

 
Não sei como se chama, por isso, elas têm o nome genérico de "flor"
 
As flores, são belezas deste mundo a preservar. Por isso, devemos caminhar a seu lado e mantê-las lá, para que outros as vejam, a não ser que sejam cultivadas com o objectivo da comercialização e venham alegrar as nossas mesas, as nossas salas, os nossos jardins, ...
**********************************



Estou sempre bem entre as flores, onde quer que nos encontremos. Mas, sempre, sob os auspícios do meu amigo Apolo

tags:
publicado por Ventor às 14:08

Eu sou Pilantras - o Ticas.

Agora percebo que, para o Ventor, as flores não têm fronteiras. Ele já caminha entre as flores chineses.

Um pinheiro, uma pedra e, claro está, as glicinias. Pintura de Li Shan, da Dinastia Qing
Temos aqui um pombo em um ramo de pessegueiro, pintado pelo Imperador Huizong, da Dinastia Song do Norte. O Ventor adora flores de pessegueiro
Magnólia e pedra. Um trabalho de Chen Hongshou, Dinastia Ming. O Ventor gosta de magnólias. Já me disse que gostava de transformar uma num colchão e dormir nela como um duende

mais sobre mim

pesquisar

 

Fevereiro 2014

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28

arquivos

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

Contador